Seja bem-vindo!

Que a paz de Jesus e o amor de Maria reine em seu coração!

domingo, 18 de abril de 2010

A Música é instrumento de Deus!



A música é sem dúvida um instrumento de Deus, ela nos cura, nos liberta, nos acalma, renova nossa fé e nossa esperança. A música tem o poder de chegar no mais profundo e íntimo de nosso ser, podemos realmente sentir a presença de Deus através de uma música, e através dela também rezamos e entramos em contato mais íntimo com o Senhor. Simplicidade, oração e coerência. De onde começar? Quais as oportunidades que temos para evangelizar? Quantas oportunidades Deus nos deu para evangelizar por meio da música, mas as deixamos passar, porque ainda esperamos aquela... Sabe aquela oportunidade? Muitas vezes, nos acostumamos com as grandes coisas: missões, grupos lotados, muita gente aclamando e cantado a partir da nossa condução [musical].Não podemos nunca nos esquecer de que Deus, muitas vezes, nos dá oportunidades aparentemente bem pequenas, mas, nelas, podem estar guardadas grandes graças para nós ou para quem escuta aquilo que estamos tocando e/ou cantando. O inimigo de Deus coloca em nossos corações a tentação de nos animarmos muito com os grandes eventos e situações nas quais temos um som de grande potência, uma boa banda e um grande número de participantes, etc. Sim, devemos nos animar, mas devemos também, diante dessas oportunidades e dentro de nós, canalizar essa animação para a glória de Deus, agradecendo a Ele pela confiança e oportunidade.Infelizmente, caímos no sutil erro da empolgação e acabamos por viver toda essa alegria sozinhos, esquecendo-nos da batalha que existe por trás de tudo isso e ficamos vulneráveis à ação do inimigo; na mais grave das situações, barramos totalmente a graça, a cura e o milagre para aquele povo que nos escuta, ou para nós mesmos.Seja qual for a oportunidade que temos de exercer o nosso ministério, é um chamado que Deus nos faz. É um povo que espera, é uma batalha a ser travada e, já posso dizer, um inimigo a ser vencido ou até mesmo um meio do Senhor trabalhar nos nossos corações. Mas por trás de qualquer lugar aonde iremos tocar ou cantar, a nossa vida deve ser a primeira oportunidade de cantarmos. Por isso, devemos cantar com a vida e, para isso, precisamos ser, primeiramente, homens e mulheres de oração. Músicos ou musicistas, precisamos ser coerentes com o que cantamos e, aí sim, conseguiremos cantar a vida.Resumindo: simplicidade, oração e coerência. Se conseguirmos viver essas três palavras, com certeza, a última delas será abundante em nós: a unção.Volto à pergunta inicial: "De onde começar?". Começo da oportunidade que Deus me dá, com muita sabedoria e discernimento. Muitas vezes, ela é gradativa, outras vezes, é um grande susto para nós, além das nossas capacidades; outras vezes, as oportunidades desaparecem. Para cada um, Deus tem uma pedagogia, pois para Ele somos únicos. Deixo outra pergunta: "Qual a pedagogia de Deus para você? Por que Ele escolheu você como ministro de música da Sua Igreja?Deus abençoe você e o seu ministério!

Texto adaptado por Gabriella Leite. Original extraído do site: www.cancaonova.com



2 comentários:

  1. TESTEMUNHO: Meu Senhor e meu Deus, obrigado por estas palavras imediatas de confirmação... Obrigado pela oportunidade de entender, através deste texto, que "simplicidade, oração e coerência" são virtudes necessárias ao ministério exercido pelo Coro Kyrie. Como é bom ler aquilo que foi verdadeiramente escrito por Ti, Senhor...

    ResponderExcluir
  2. se meus amados que deus abençoe sempre todos deste grupo de oraçao que essa palavra possar entar verdadeiramente e nossos coraçoes para que todos seja renovado pelo teu santo espirito olha quando eu for vizitar os meus familiares eu se vou ai na comunidade meus irmao mora ai na rua djalma costa pertinho de vcs por isso eu pesso para que vcs possar pazer um visita a ele. abraços

    ResponderExcluir