Seja bem-vindo!

Que a paz de Jesus e o amor de Maria reine em seu coração!

sexta-feira, 26 de março de 2010

Consagrar Nossa Língua


Assim nos exortou o Senhor: “Dobra a tua língua diante de mim, curva-te diante de minha santidade. Consagra tua língua a mim, assim como eram consagrados os objetos do templo e estes não podiam mais ser usados para fins pagãos. Dá-te conta da minha presença santa.”

Moção: Consagrar é separar para o serviço do Senhor. Então, devemos usar o nosso falar para servir a Deus, para louvá-lo, para abençoar, para evangelizar, para consolar, para animar, para edificar, e se for para corrigir, que seja mais uma vez guiados pelo Espírito Santo e sua verdade. Todos os dias, pela manhã, antes de falar com a primeira pessoa, mesmo que seja um simples “bom dia”, fazer uma oração de entrega da nossa língua e do nosso falar ao Senhor, pedindo ao Espírito Santo que nos guie e derrame sua unção sobre as palavras que saírem da nossa boca. Para nos ajudar na nossa oração, podemos orar com a Palavra, usando a “oração para ser preservado do pecado”, que se encontra em Eclo 22, 33 e Eclo 23, 1-3: “Quem porá uma guarda à minha boca, e um selo inviolável nos meus lábios, para que eu não caia por sua causa, e para que minha língua não me perca?


Senhor, meu pai e soberano de minha vida, não me abandoneis ao conselho de meus lábios, e não permitais que eles me façam sucumbir. Quem fará sentir o chicote aos meus pensamentos, em meu coração a doutrina da sabedoria, para eu não ser poupado nos pecados por ignorância, a fim de que esses erros não apareçam, para que não aumentem as minhas omissões, e não se multipliquem as minhas ignorâncias, e eu não caia diante de meus adversários, e não se escarneça diante de mim o meu inimigo?”.


Renovação Carismática Católica,secretária-geral do Conselho Nacional, Beatriz S. Vargas.
Texto extraído do site RCC RJ - 26/03/2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário